Como o TikTok impactou a forma como vemos conteúdos nas mídias sociais - FW3

Como o TikTok impactou a forma como vemos conteúdos nas mídias sociais

O TikTok se tornou o novo queridinho dos influencers digitais, o que resultou em uma nova forma de fazer entretenimento e gerar renda.

O TikTok pode parecer apenas mais uma uma rede social de compartilhamento de vídeos, mas para muitas pessoas pode ser uma grande fonte de renda e sucesso. (Pelo menos por enquanto).

 

Mas o que é o TikTok? Bom, para você que esteve longe do planeta terra nos últimos meses, o TikTok é uma mídia social de compartilhamento de vídeos curtos, de até 60 segundos. Lançado em setembro de 2016 sob o nome de musical.ly, foi adquirido pela empresa chinesa ByteDance em 2017.

 

A popularidade do aplicativo só aumentou desde então, até que no começo desse ano o TikTok ganhou grande força durante a pandemia – o que ajudou muitas pessoas, até então desconhecidas, a se tornarem influenciadores digitais em uma velocidade incrível. Isso também fez muitos desses influencers ganharam forte destaque dentro da plataforma, que segundo a revista Forbes, acabou gerando fortunas milionárias.

O TikTok afetou a forma como vemos conteúdos nas redes sociais.

Isso, por sua vez, acabou atraindo muitas empresas do ramo de mídias sociais, como o Facebook que tentou adquirir a rede social chinesa sem sucesso. No momento, a “briga” para a aquisição da plataforma fica entre o Twitter e a gigante Microsoft, já que o TikTok tem prazo para vender suas operações nos Estados Unidos, por determinação do presidente Donald Trump, para evitar o banimento do aplicativo no país.


No caso do Facebook, a manobra falha acabou resultando a criação do Reeals, uma espécie de “TikTok” integrado ao Instagram. Mesmo não tendo a mesma popularidade, a função tem seus adeptos, que assim como na rede social que serviu como inspiração, tem conteúdos publicados quase que diariamente.


Assim como em outras mídias sociais, o patrocínio desses influencers, conhecidos como Tiktokers, é muito grande tendo em vista o alcance que essas propagandas tem, já que na plataforma chinesa o número seguidores é aparentemente bem maior, se comparado aos mesmo seguidores desses produtores de conteúdo dentro do Instagram, por exemplo.


Até agora, o futuro do TikTok parece incerto e que de acordo com o fundador e ex-CEO da Microsoft, Bill Gates, pode ser tornar “um cálice de veneno” no futuro. Porém, neste momento a plataforma continua crescendo, chegando a atrair os olhares de muitas celebridades mundo afora, o que deixa sua posição muito favorável nesse momento.